Back to Home

     Fórum "Grandes pensadores e pensamentos: ciência, tecnologia e desenvolvimento"


A reflexão sobre ciência e tecnologia, e os domínios anexos da descoberta, inovação e conhecimento, está muitas vezes distante da prática dos que no dia a dia praticam a ciência e a tecnologia, incluindo a engenharia. Os domínios da filosofia, sociologia e história da ciência e da tecnologia estão muitas vezes demasiado afastados das respetivas práticas e seus praticantes, e por sua vez os atores dessas práticas pouco se envolvem ou participam dos debates associados. A questão da linguagem e dos modelos retóricos não será irrelevante para tal.
Pretende-se com esta iniciativa iniciar um ciclo de encontros de reflexão sobre grandes pensadores e pensamentos relevantes para o desenvolvimento da ciência moderna e da cultura cientifica das nossas sociedades. Este ciclo de encontros parte do princípio que essa reflexão é importante e útil para toda a comunidade envolvida na produção, difusão e gestão de ciência e tecnologia.
O ciclo de encontros será especialmente vocacionado para os espaços latino americanos de línguas portuguesa e castelhana.

Organização:
  • Manuel Heitor (IN+(IST)
  • Eduardo Beira (IN+/IST)
  • José Manoel de Mello (UFF)
  • Roberto Sbragia (USP)


Encontro #1: Michael Polanyi (1891-1976)

Books (Portuguese Edition):
- Amazon.co.uk ( http://www.amazon.co.uk/Ciencia-tecnologia-Uma-selecao-textos/dp/9899713430/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1383128606&sr=1-1&keywords=ciencia+tecnologia+polanyi)

- Amazon.com ( http://www.amazon.com/Ciencia-tecnologia-selecao-textos-Portuguese/dp/9899713430/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1383128912&sr=1-1&keywords=ciencia+tecnologia+polanyi)


Workshop
Alfandega do Porto
28 Outubro /28 October,
11h00-13h00 (Sala 8/ Room 8; Nível 1/ Level 1)

Neste primeiro encontro será lançada e apresentada a tradução em lingua portuguesa da obra mais importante de Michael Polanyi (“O conhecimento pessoal”, publicado em 1958 com o título “Personal Knowledge”), assim como uma seleção de ensaios (“Ciência e Tecnologia”) de Michael Polanyi cobrindo mais de trinta anos de contribuições suas sobre ciência e tecnologia, desde 1936 a 1972. Ambas as obras foram traduzidas e organizadas por Eduardo Beira.
O Encontro sobre Michael Polanyi incluirá uma apresentação por Phill Mullins, um dos autores mais importantes sobre a filosofia de Michael Polanyi. Foi até muito recentemente editor principal da revista “Tradition and Discovery”, da sociedade “The Polanyi Society”, da qual tem sido dirigente.

Sobre MICHAEL POLANYI...
Filho de uma família numerosa de intelectuais brilhantes (o seu irmão Karl Polanyi foi um nome importante em economia), participante das famosas discussões dos tempos áureos da escola de Viena, Michael Polanyi (1891-1976) foi um dos pensadores mais importantes do século XX, sendo o seu pensamento largamento baseado e influenciado pela sua experiência pessoal sobre a prática da ciência, da vivência na comunidade científica e do desenvolvimento da tecnologia no século XX.
Tendo sido um cientista reconhecido pelos seus pares e geração, com contribuições notáveis na química física - cristalografia dos raios X, teoria da adsorção e catálise heterogénea - viveu as atribulações dos finais do século na Europa oriental (Hungria, Austria, Alemanha) e depois os dramas das duas guerras mundiais (tendo-se exilado no Reino Unido depois do advento do nazismo, em 1933). Vários dos seus alunos de doutoramento viriam a receber prémios Nobel, incluindo o seu próprio filho. Perto dos seus cinquenta anos trocou a cátedra de química física por uma cátedra de ciências sociais e dedicou-se á construção de uma filosofia que, na sua ideia, fosse capaz de dar resposta ás dilacerantes angústias do homem moderno perante os terríveis dramas dos totalitarismos (que identificou como mecanismos niilistas de “inversão moral”) e preservasse o papel da liberdade e dos valores individuais e comunitários.
Ao longo deste processo reformula o papel das pessoas no conhecimento e reconstrói as bases da epistemologia - criando o conceito de “conhecimento pessoal”, que está para além do objetivo e do subjetivo, assim como os mecanismos de “conhecimento tácito” e o seu papel fundamental em todo o porcesso de produção e difusão do conhecimento (explícito ou não). O enorme impacto da força das suas ideias continua, cada vez mais, a fazer o seu percurso nos dias de hoje.
O desenvolvimento da ciência e da comunidade científica foram sempre centrais na exploração de ideias por Michael Polanyi. A sua prática da realidade da investigação cientifica avançada sugeriu-lhe aliás muitas das linhas de exploração do pensamento que desenvolveu. As suas ideias haviam de inspirar e serem centrais a outros pensadores influentes da ciência e tecnologia - sendo Thomas Khun um caso paradigmático (como o próprio explicitamente reconheceu).
A reflexão de Polanyi sobre o papel e os mecanismos da investigação em ciência e tecnologia continua importante e inspiradora, parecendo ser uma escolha oportuna para iniciar um ciclo sobre grandes pensadores e pensamentos em ciência, tecnologia e desenvolvimento.


Programa (11h00-13h00; Sala 8/ Room 8; Nível 1/ Level 1)
Apresentação do ciclo “Grandes pensadores e pensamentos sobre ciência, tecnologia e desenvolvimento”:
- Manuel Heitor (IN+, IST)
- José Manoel de Mello (UFF)
- Roberto Sbragia (USP)
Lançamento das traduções em português das obras de Michael Polanyi
- Eduardo Beira (IN+)
Palestra: Michael Polanyi: de cientista a filosofo da ciência na encruzilhada do pensamento pós-moderno
- Eduardo Beira (IN+)
Palestra: "Michael Polanyi on the science and technology debate: from Wittgenstein to Popper, through Khun and others"
- Phil Mullins (The Polanyi Society, Missouri Western State University)
Comentários:
- José Manoel de Mello (UFF, rio de Janeiro, Brasil)
- Miguel Panão (IN+/IST; Lisboa, Portugal)
- Tiago Brandão (IHC-FCSH,UNL; Lisboa, Portugal)
- Carolina Bagattolli (UFPR-Curitiba; Brasil)

Debate
Encerramento